Por que não deixar de tentar ?

enxergue outros parâmetros.

Vies

Parece, mas não é…
Eu tento disfarçar
Acho que você nem se liga,
Não imagina
O quanto eu tento aproximar
Para suprir, injetar nas minha veias o teu mel
Fazer minha cabeça

Pare,pense,sinta, veja, olhe, observe
Eu quero ver se você percebe
Vou ficar a esperar se você vai notar
Que eu digo teu nome
E te falo o que penso sem precisar explicar

Vivo, vislumbro e analiso
Eu gosto de você
És a minha vilã, o meu vício vital
Eu gosto mesmo de você

Tu és tão bela quanto sagaz
Vai enteder o que digo
Vai entender que não é dessas paixões de novela
É um amor libertino, pura atração daquelas de confundir a cabeça
De me deixar sem jeito, de me esmagar o peito

Pare,pense,sinta, veja, olhe, observe
Eu quero ver se você percebe essa minha paixão subliminar
E o seu prêmio será melhor do que tudo isso que falei
E que só faz sentido exclusivamente pra você

Vivo, vislumbro e analiso
Eu gosto de você
És a minha vilã, o meu vício vital
Eu necessito de você .

são tantas coisas pra falar, vamos deixar assim… porquê é mais fácil. E você sabe que é pra você.

Vivendo do Ócio.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: